Com direção de arte de Ricardo Castro, sob as lentes de José de Holanda e com maquiagem artística de Lau Neves, Iara Rennó encontra a versão 2018 da figura macunaímica que encarna em ensaio fotográfico, no ano das efemérides Macunaíma 90 anos e Macunaíma Ópera Tupi 10 anos (Selo SESC, 2008). A pintura corporal é onspirada nos desenhos dos vasos das índigenas Kadiweu, do estado de Matogrosso do Sul, onde a artista tem parte da origem familiar, e origem de Lau Neves, que cresceu com essa referência gráfica marcante.